imerso no acaso
de peito aberto... pretendo estar,
controle remoto
de alguns comandos tentar se livrar.
se em mim todas as cores se fazem presentes,
com sua aquarela nunca vou pintar.
dois passos errados, um passo à frente agora, vamos lá, então....
tente sentir...

que a flor que você ganhou há muito murchou,
enquanto a alegria sem notar findava,
estou de volta... meu corpo é minha casa!

Video erróneo?