Este é um mundo construído dentro de outro mundo. Onde a vida tem um sentido e um valor, medido por aquilo que não existia e foi construído. Este é um sistema baseado na produção insustentável, onde temos cada vez mais coisas para comprar e fazer a economia girar. É a arma na sua cabeça. Jogando com o desejo e a insegurança. Lacunas entre o que somos e o que gostaríamos de ser são preenchidas não com tentativas, mas com devaneios fascinantes. Não é surpresa o produto não cumprir a promessa, pois a vida é assim mesmo e todos nós estamos acostumados ao que é falso. Ao compensar a monotonia da vida com ilusão, a propaganda mostra a monotonia do real. Ao mostrar o que as pessoas poderiam ser, mostra o que elas não são. Ao mostrar o que as pessoas não são, mostra o que elas podem ser.

Video erróneo?