A filha de um francês
Loira da pele macia
15 anos de idade
Tinha tudo o que queria
Não existia um pedido
Que o seu pai não atendia
Tinha um fiel motorista
Que suas ordens cumpria
Segredo era absoluto, guardava tudo o que via

A mocinha aventureira
Muitos moços namorou
E fez o que não devia
Sua vida transformou
Esperando um filhinho
Desprezada ela ficou
Pra justificar o erro
Pro seu pai ela falou
Que foi o seu motorista quem dela se aproveitou

O pai da moça mandou
Seu motorista escolher
Pra pagar pelo o que fez
Vai casar ou vai morrer
O motorista sorrindo
Disse eu caso com prazer
E na casa do francês
Com a moça foi viver
Sumiu dez dias depois, saindo sem ninguém ver

Logo após o nascimento
Do netinho do francês
O comentário correu
Espalhou com rapidez
Quando o motorista soube
Voltou e disse cortês
Patrão, eu sou inocente
Da acusação que me fez
Como é que pode um crioulo ter um filho japonês

Video erróneo?