Me encantam os passos, seus braços
A pista, movimentos me alcançam
Seu corpo, seu cheiro, eu teso
Na noite, sigo seu passo
É meu dia, te caço na dança

Eu sigo, luzes me lançam
Me flertam seus olhos, insana
Devaneio, delírio, fumaça
Sua coxa, a forma, a chama
No rítmo, me leva bacana
Íntimo, me penso em tua cama
Que a noite, dois deuses nos faça
Me seja bondosa, me deixe em brasa)

Muito, tudo além deste espaço
Da pista em que levitamos
que o som acompanhe o cansaço
Num fim de noite de amassos
De danças, de corpos em graça

Video erróneo?