Eis que surge
O dia final
Adorai aquele que fez o céu e a terra
E é chegada a hora do julgamento
A cólera do senhor
Inflama sobre as nações
Em pensamento os homens
Desejam morrer
Mas a morte fugirá deles
Ao seu mando suge a grandeza em um raio de luz
Que se apresenta aos quatro cantos da terra
O senhor é rei... rei
E se cobre de majestade
Sua espada derrama
O sangue da justiça
O senhor é rei... rei
E se cobre de majestade
Sua espada derrama
O sangue da justiça

Senhoria de todos senhores
Mais bela das mulheres
Revestida pelo sol tendo a lua debaixo de seus pés
Sua cabeça a coroa e doze estrelas
Trazendo em seu ventre o filho
Renascendo em chamas
O calor da vingança
Um grande dragão vermelho
Com sete cabeças e dez chifres
Possuindo sete diademas
Vem em encontro a mulher do apocalipse
Arrebatou-lhe a terça parte das estrelas do céu
Afim de tragar o seu filho
E como um querubim ela voou sobre as assas do vento
E seu filho foi entrege ao pai
A vitória a cristo foi dada
Eis o varão que há de reger as nações

Video erróneo?