E sigo escravo dos seus beijos...

Não me pergunte porquê
Menciono seu nome por casualidade
É porquê ainda recordo seu jeito tão doce
Sua forma de amar

Uma razão para ti
Me pedem motivos e uma explicação
Para não desentera-la agora
E para sempre do meu coração

Eu sou assim e seguirei
Vagando leve por um apele
E não poderei da tudo de mim
Se eu não esquecer essa mulher

E sigo escravo dos seus beijos
E sigo preso em meus medos
E fico sem saber porquê razão
Prendo ao meu interior
Em meu próprio coração 2X

E sigo escravo dos seus beijos...

Não há quem controle o amor
Te quero como ninguém vai mais querer
É porquê ainda recordo seu jeito tão doce
Sua forma de amar

Eu sou assim e seguirei
Vagando leve por um apele
E não poderei da tudo de mim
Se eu não esquecer essa mulher

E sigo escravo dos seus beijos
E sigo preso em meus medos
E fico sem saber porquê razão
Prendo ao meu interior
Em meu próprio coração 2X

E sigo escravo dos seus beijos...

E não poderei da tudo de mim
Se eu não esquecer essa mulher

E sigo escravo dos seus beijos
E sigo preso em meus medos
E fico sem saber porquê razão
Prendo ao meu interior
Em meu próprio coração 2X

E sigo escravo dos seus beijos...

Video erróneo?