"Agora é aquela hora,
Que o cabra pega a menininha do outro lado do salão.
E joga aquele xaveco.
Mas não vai pensando que a mulerada vai acreditando assim não viu?
A mulherada é esperta.
Vai pensando que é porque tem um carrinho.
Que fala que seu pai é isso,
Seu tio é dono daquilo.
Que a mulherada vai... vai se abrir é?
Aguarde.
Vamos apagar a luz
e jogar aquele dengo no cangote,
E dançar aquele xote bem agarradinho."

Você é assim, um sonho pra mim,
E quando eu não te vejo.
Eu penso em você,
desde o amanhecer,
até quando eu me deito.

Eu gosto de você,
E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo.
meu melhor amigo é o meu amor.

E a gente canta, e a gente brinca
E a gente não se cansa.
De ser criança, pra gente brindar
a nossa velha infância.

Seus olhos, meu clarão.
Me guiam dentro da escuridão.
Seus pés me abrem o caminho.
Eu sigo e nunca me sinto só.

Você é assim, um sonho pra mim,
você é assim...

Video erróneo?