A água reacende os cortes
(As feridas ainda tem teu gosto)
Eu esperei voltar
(Quantos erros cometi?)

Eu sei que já deveria ter aprendido a esperar
Que o fim está sempre mais perto do que aprendemos a imaginar
Na verdade o que preocupa são problemas
Que criamos apenas para não ver
Que o que nos protegia e confortava acabou

Onde mais esperar?
De onde mais esperar

Eu sei que já deveria ter aprendido a esperar
É o tipo de situações que somos obrigado a aceitar
(OS corações)
Eles nunca param de nos machucar

E mesmo quando encontramos soluções
Para tempestades e desertos
Ainda restam as dúvidas e os sentimentos de culpa
Aos quais sucumbimos sem pensar

Pra mim foi bem mais difícil que mover
Noites inteiras de angústia para longe
Eu tive que parender a conviver
Contigo sabendo que nunca mais estáriamos juntos de novo.

Video erróneo?