Do bueiro a Nova York
Do bueiro a Nova York
Pode vim quente que o alicerce é forte
Do bueiro a Nova York
Do bueiro a Nova York
Pode vim quente, Arriba Saia é forte

Sete meninos da barriga verde
Andando pela feira do bueiro
Comendo burundanga o dia inteiro, burugunzeiro

Sete meninos da barriga verde
Andando pela rua do bueiro
Comendo burundanga
Enchendo a pança

Nóis veste xita, nóis veste short
Não brinca não que o alicerce é forte
Nóis come tripa, nóis come bofe
E mesmo assim fomos parar em Nova York

Nóis veste xita, nóis veste short
Não brinca não que o alicerce é forte
Nós come tripa, nós come bofe
E mesmo assim, Arriba Saia em Nova York

Tem Pé de galinha no jacaré lanche
Bucho de boi, espera ver-nos adiante
Uma fatada lá no bueiro
Pinga fofa toma grátis pra quem chega primeor

Lá tem fofa toba, lá tem incha pé
Tomando um copo quero ver quem fica em pé
Lá tem amargosa com uma cobra dentro
O cara toma uma e fica bravo igual a um jumento

Lá no bueiro, o povo é forte
Passagem livre não precisa passaporte
Pode ser rico, pode ser pobre
Arriba Saia nasceu lá e foi parar em Nova York

Do bueiro a Nova York
Do bueiro a Nova York
Pode vim quente que o alicerce é forte
Do bueiro a Nova York
Do bueiro a Nova York
Pode vim quente, Arriba Saia é forte

Video erróneo?