Nóis é ligeiro até a pé não tamo de motoca
Mesmo assim atropelo os falso e chamo de boroca
Vim pesado pra causar aqui um strike na pista
E os fracos vão ter mais prejú do que o eike batista
Os observo só de longe one, two, three, four a vista
E eu já chego atropelando e nem sou thor batista
Mano antes de falar de mim aprende a ler uma partitura
Toco até música clássica e meu rap é arte pura
Cê aperta o start e jura que rima boa cê manda
Truta cê não captura e não atende a demanda
Ouvindo esse som cê para de pensar em breve
Faço sua facul intelectual entrar em greve
Pois eu sei que aqui cê tá brisando, né? Da hora
Minha mãe me deu a luz e tô brilhando até agora
Louco, cê não entende a gente mete brasa nas rima
E bem tranquilo depois vamo pra casa das prima

Memo na saga eu busco se acaba a seda
A chama não se apaga eu cuspo só labareda
Largado na espelunca, chapado como nunca
Num reclama só tá tendo aquela catuaba azeda
Sou barba negra o pirata que encara a sina
Bala de prata agora mata os vampiro na carabina
Anestesiado, sou frito sem morfina
De vez tô asiado então vomito várias rimas
...Nesse flow os bucha ataco
Eu tô de saco cheio de ver tanto pucha saco
De quem nem não vale um caco de um casco de longue neck
Sou zem sem ter tabaco, enrrasco nos bong e bec
Sem vontade fraco num penhasco eu me jogo
Agora afogo o meu carrasco depois eu memo me enforco
Morro e depois volto, minha loucura te alucina
Cachorro minha raiva não tem cura nem vacina

Tô de frente pro feitiço espero que o bruxo erre
Simples de quintal antes que o luxo ferre
Só quero um vocal limpo pra que meu som sujo berre
Pra você entender bem como que eu puxo o r
Cê luta por quem? Manos suportem
A dor, que eu faco que esses pelas se enforquem
Cortem fofocas deixe que eles se importem
É war game, uoop, uop, uop se comportem
Na garra tipo drogba, cê só pensa em droga e bar
Deixa as mina grogue e pá, leva as duas troca e dá
Muita atenção hã 'pó' deixar
Não é café da manhã mais cê serve coca e chá
Eu já tô ligado que nem tudo dá
Dá pra para de chorar neném gugu da da?
Só pensa em farra e abadá pra tu
Isso aqui não é gozolândia nem iabadabadú

Eu rimo assim ó, calmo demais como quem ganhou na mega
O senhor alega que eu chapo mais que o monsenhor na adega
Meu flow já cega se tá triste o show te alegra
Que se foda-se o rei do camarote o que sou que agrega
Bem antes de quebrar tabú nóis quebrou as regras
Na sua letra tanta merda que estourou as pregas
O que os moleque mais quis é essa track vai diz
Não é mais futurista que black eyed peas?
Em cada salmo vive a dica pra ser calmo livre
A vida não é um mar de rosas como palmolive
Um trem desgovernado em cada linha mando classe
Não é tão fácil quanto batatinha quando nasce
Os verso quente inflama oração na qual os crente clama
Quem que ama bota a mão pra cima essa é minha genki dama
Então desista ser veio ser loque some
Sem carro eu tô nas pistas meu estilo é sherlock holmes


Sou raro igual buteco bonito, dessa vez vim com o buneco pro rito
É quando cê pensa que o filme acabou, viu me atacou? Isso é o eterno eko do o grito
Vírus, nem sua quarentena ou quaresma acha
No corre eu sou queniano, você uma lesma racha
Caixa a prego, mandei o ego pro túmulo, é o cúmulo:
Um davi e um gigante na mesma faixa
Léo, é bacharel cê não dá chapéu
De acordo com altura do nível que se abaixa: Créu!
Não só por média
Cêis faz suspense ao dizer que vão lançar terror e vira drama que em ação são mó comédia
Falar de amor com o wando perto?
Meu plano só abriu as pernas depois que casou, ele tá "dando certo"
Betty wright no bang, não betty boop
Eu e os irmão de sangue, não ketchup

Video erróneo?