Eu nasci numa cidade, que em verso
Escreveu alguém que foi berço
Dos caminhantes do mar
Ah, vivi entre pardais e andorinhas
E gaivotas ribeirinhas
Que andam no céu a cantar
Ai Lisboa
Terra bem nobre e leal
És o castelo, a proa
Da velha nau portugal
Ai Lisboa
Cheiram a sal os teus ares
Deus poste as onda aos pés
Porque és, tu a Rainha Dos Mares

Foi ali, que p´ra brincar com o demónio
Veio até nós Santo António
Que tão ascenta insular
Ah, abri nos jardins do airado
Uma voz feita p´ro fado
Nesta canção po pular

Ai Lisboa
Terra bem nobre e leal...

Video erróneo?