Amália Rodrigues - Malhão De Cinfães


Ó malhão, triste malhão
Ó malhão, triste malhão
Ó malhão, triste, coitado!
Eu por ti suspiro, eu por ti dou ais
Eu por ti não vou suspirar jamais!

Ó malhão, triste, coitado
Por causa de ti, malhão
Ando triste, apaixonado
Eu por ti suspiro, eu por ti dou ais
Eu por ti não vou suspirar jamais!

O malhão quando morreu
O malhão quando morreu
Deixou dito na escritura
Eu por ti suspiro, eu por ti dou ais
Eu por ti não vou suspirar jamais!

Deixou dito na escritura
Que forrasse o caixão
Com pano de pouca dura
Eu por ti suspiro, eu por ti dou ais
Eu por ti não vou suspirar jamais!

Video erróneo?