Quem vem, faz favor de se anunciar
E entra na roda bonita, na luz da candeia
Que a Lua tá linda, tá cheia pra te iluminar
Tira esse quebranto, baixa o santo, pode entrar
Sereia mas não bambeia a corrente do samba não pode quebrar
Quem vem faz favor de se apresentar
E assina seu nome no couro, no soro da veia
E canta seu ponto na areia pra se anunciar
Falta a pedra negra jovelina no colar
O sambambéia, mas a corrente do samba é de aço e não pode quebrar...
Cheguei, o negro Nagô batendo o tambor vindo de Aruanda
Trazido de além mar...
Sangrei no livro de ouro e me batizei com nome de samba
Favor me anunciar...

Video erróneo?