Por Deus, não posso entender
Porque vamos chorando
Se os nossos cicerones
São aves cantando

Lateralmente as flores
Deitam aroma sorrindo
E ouço da natureza
Que sejam bem-vindos

O vento de quando em quando
Num sussuro sereno
Obriga toda a floresta
A nos fazer aceno

E um festival de alegria
Que me põe a imaginar
Não sei se devemos rir
Ou Chorar

Video erróneo?