Nem em meus sonhos sonhei andar tão livre

O peso dos anos tornou o chão macio

Trago nos olhos o brilho da certeza

De sentir o gosto da boca que me beija


Eu não vou, falar por aí, daquilo que sou, somente por que não
vão sentir

Como é o calor, tão certou que estou, da música que me queima


Meu amor eu vim de longe pra tentar compreender

Porque o mar insiste em me levar

Meu amor não se pra onde, nem porque, quero entender

Só se for sereia a me encantar


O peso dos olhos me faz dormir na areia

Sinto na boca um beijo tão macio

Trago nos sonhos o rosto da sereia

O brilho da lua vai esquentar meu frio


Eu não vou, falar por aí, daquilo que sou, somente por que não
vão sentir

Como é o calor, tão certou que estou, da música que me queima


Meu amor eu vim de longe pra tentar compreender

Porque o mar insiste em me levar

Meu amor não se pra onde, nem porque, quero entender

Só se for sereia a me encantar


Eu não vou, falar por aí, daquilo que sou, somente por que não
vão sentir

Como é o calor, tão certou que estou, da música que me queima


Meu amor eu vim de longe pra tentar compreender

Porque o mar insiste em me levar

Meu amor não se pra onde, nem porque, quero entender

Só se for sereia a me encantar

Video erróneo?